23.08.2017

Qual é o papel do contador na sociedade?

Qual é o papel do contador na sociedade? Muitas pessoas, infelizmente, ainda têm uma visão errada desses profissionais e os associam apenas ao pagamento de impostos. Além disso, na hora de procurar um prestador de serviço, o preço, em detrimento da qualidade, acaba sendo um fator determinante na hora da contratação.

Porém, não é assim que as coisas deveriam ser. O profissional de contabilidade é um elemento essencial dentro de uma empresa, uma vez que os seus conhecimentos podem ser usados não apenas para o pagamento de tributos, mas para o planejamento financeiro de uma companhia. É cada vez mais comum vermos profissionais envolvidos no processo de tomada de decisão, uma vez que ninguém melhor do que eles para interpretar certos dados.

Sim, você precisa de um contador

Para médias e grandes empresas, a importância de se ter um contador em seu quadro de colaboradores parece óbvia. Porém, entre as pequenas e médias empresas ainda há muita desconfiança sobre a real necessidade de se contar com esse tipo serviço. Curiosamente, não se tem a mesma visão dos administradores.

Longe de querer comparar ambos no sentido de mostrar que um é mais importante do que outro, a questão é que os contadores podem exercer papeis fundamentais dentro de uma companhia que muitas vezes são designados apenas aos administradores. Esses profissionais, por lidarem diretamente com os números da empresa, podem e têm muito a contribuir no sentido de otimizar o planejamento financeiro.

Por exemplo, por que não contar com um profissional de contabilidade na hora de decidir quais verbas devem ser provisionadas e quais pagamentos valem a pena serem antecipados? Todas as negociações bancárias, da mesma forma, podem ficar sob a responsabilidade dos contadores, que muitas vezes terão mais propriedade para dialogar sobre assuntos financeiros com o gerente do banco.

Comece do jeito certo

Os profissionais de contabilidade são também a porta de entrada dos empreendedores no mercado de trabalho. É por meio deles que se dá a abertura e legalização de empresas. Assim, escolher nesse primeiro momento os itens corretos para a confecção do Contrato Social, bem como ter um cronograma relacionado ao recolhimento de impostos e à documentação necessária, pode ser um diferencial competitivo no início do seu negócio.

Além de ser um elemento oficial obrigatório nesse processo, o contador pode funcionar também como um conselheiro, apontando os principais caminhos para que você estruture a sua empresa do modo menos dispendioso. Nesse momento, ter conhecimento da legislação brasileira é fundamental e com relação a isso esses profissionais são mais do que escolados.

Sua empresa em boas mãos

Você escolheria o profissional mais barato do mercado para ser o gestor da sua empresa ou optaria por alguém mais qualificado? A grande maioria das pessoas escolheria a segunda opção, mas quando o assunto é contratar um contador elas ainda optam pela primeira. Esse é um erro que pode resultar em muitos problemas no futuro. É o “barato que sai caro”.

Assim, dê preferência também aos profissionais de contabilidade que tenham mais experiência no assunto. Lembre-se que são eles que ficarão responsáveis por analisar as suas finanças e, da mesma forma, por auxiliá-lo a tomar as melhores decisões no dia a dia. Saiba que é da experiência deles que pode surgir as soluções que vão fazer você economizar no dia a dia sem deixar de honrar os seus compromissos.

Uso de dados na tomada de decisões

É cada vez maior o número de empresas que investe em análise de dados para a tomada de decisões. Com as ferramentas existentes hoje, é praticamente improvável que seja um bom negócio dar um “tiro no escuro”. A melhor solução é sempre ter o maior número possível de dados em mãos para a tomada de decisão.

Os contadores podem atuar como facilitadores nesse processo, uma vez que já são responsáveis pela coleta de dados financeiros. Além disso, o poder analítico desses profissionais pode e deve ser aproveitado na hora de fazer provisões para as mais variadas obrigações tributárias que incorrem sobre uma empresa.

Muito além dos impostos

Obviamente, a arrecadação tributária é parte importante do trabalho dos profissionais de contabilidade, mas suas funções são se resumem a isso. A responsabilidade de um contador é muito mais abrangente, além do fato de ele ser o canal direto entre a empresa e o Fisco. Assim, saiba que esse profissional é que está mais capacitado para sentar ao seu lado e proporcionar uma análise financeira completa.

É ele também que deveria estar na mesa debatendo as decisões gerenciais da companhia, uma vez que do ponto de vista financeiro ninguém melhor do que ele para garantir a viabilidade de um projeto de médio ou longo prazo. Por fim, a manutenção de um profissional de qualidade no seu quadro de colaboradores faz com que sua empresa não corra riscos de pagar tributos indevidos ou multas em razão de atrasos ou esquecimentos.

Em resumo, se na sua empresa o contador ainda é um mero “pagador de impostos”, certamente é você quem está perdendo por não ter esse profissional envolvido no processo decisório.

Fonte: Sage